27 3262-0877 / 27 3261-7595 comercial@villetarget.com

Diariamente, o Google processa mais de três bilhões de buscas em todo o mundo. Desse total, 450 milhões (15%) são de termos inéditos. Se manter no topo, junto com uma concorrência tão grande, não é fácil. Por isso, você precisa estar atento às boas práticas e, claro, aos erros de SEO.

Você sabia que, antes de indexar um site, o Google avalia mais de 200 itens? Entre eles, estão questões técnicas, como a responsividade e a velocidade de carregamento de um site, e critérios de conteúdo, como qualidade, relevância e palavras-chave apropriadas.

Em meio a tantos critérios, é normal se perder no meio do processo. O problema é que cometer diversos erros de SEO pode comprometer toda a sua estratégia de marketing digital. Confira, a seguir, seis erros de SEO que você não pode mais cometer:

Ser o rei do CTRL-C e CTRL-V

Apropriar-se de conteúdo de terceiros já não é muito legal e ainda pode prejudicar seu site na hora de indexá-lo nos mecanismos de busca. Isso sem falar que copiar o texto de outros e colocar no seu blog compromete a credibilidade do seu negócio.

Quando encontrar um conteúdo muito incrível e quiser mencioná-lo, faça isso, mas dê os devidos créditos ;). Mas o ideal mesmo é que você deixe de fazer CTRL-C e CTRL-V e comece a produzir conteúdo original (e de qualidade), que é um dos segredos de uma estratégia de SEO de sucesso.

Focar em palavras-chave erradas

Escolher as palavras-chave erradas podem destruir a sua campanha de SEO. Você deve pensar nas palavras-chave como uma forma de comunicação com o seu público. Precisa imaginar como o seu potencial cliente procuraria por aquele conteúdo na internet.

Existem ferramentas que podem auxiliá-lo nessa empreitada. O próprio Google possuí duas que são muito úteis: Google Keyword Tool que serve para pesquisar novas ideias de palavras-chave e o Google Trends, para ver os assuntos do momento.

Não inserir links internos e externos

Mais um dos erros de SEO é esquecer de inserir links internos e externos que redirecionem o usuários a páginas que complementam as informações buscadas por eles. Parece bobagem, mas o algoritmo do Google tem levado esse critério muito a sério.

A empresa entende que enviar os usuários para outras páginas relacionadas ao mesmo tema os ajuda a resolver seus problemas. Por isso, é fundamental criar muitos conteúdos relacionados para que você possa sempre redirecionar os visitantes para páginas de seu site.

Ignorar as URLs

Ignorar as URLs é um dos grandes erros de SEO. Afinal de contas, a primeira coisa que o Google lê é o endereço de uma página. Por isso, ele precisa dizer a que veio e atrair usuários.

Para garantir cliques, você deve inserir as palavras-chave na estrutura da URL. Caso não faça isso, as URLs ficam muito aleatórias, perdendo em termos de otimização.

HUAHUAA.JPG

Salvar um arquivo de imagem na correria – com qualquer nome – pode prejudicar a otimização de seu site. Mais uma vez, o ideal é que você nomeie os arquivos de imagens com a palavra-chave. Aliás, isso ajuda a ficar bem posicionado também nos resultados do Google Imagens.

Isso porque o Google faz uma leitura dos arquivos de imagens usados no seu site. Se detectar nomes com números ou repetição de letras, ele diminui sua pontuação, prejudicando no ranqueamento das buscas.

Não se preocupar com a qualidade do conteúdo

O Google só faz sentido quando oferece resultados precisos aos usuários, ou seja, que resolvam as dores de quem está pesquisando. Por isso, a qualidade e relevância do conteúdo são pontos chave para o sucesso de sua estratégia de SEO.

Se você desenvolver um conteúdo raso, sem imagens, com poucas palavras-chaves e com informações limitadas, o usuário logo vai embora de seu site. O resultado é uma alta taxa de rejeição, o que também implica rebaixamento do posicionamento do site.

Site otimizado significa leads captados

Agora que você já sabe o que não fazer na sua estratégia de otimização do seu site, é provável que sua página apareça nos primeiros resultados do Google. Isso é ótimo, mas não o suficiente.

Você precisa, ao menos, pegar algum contato dos usuários que visitaram o seu site, uma vez que eles demonstraram algum interesse em seus produtos ou serviços. Para tanto, é interessante que você crie campos personalizados para cadastro de usuários.

E não se preocupe, criar campos de captação de lead já não é nenhum bicho de sete cabeças. Com o ville Target, plataforma grátis de automação de marketing, você faz tudo de forma rápida e intuitiva, inclusive uma landing page. Para completar, é possível segmentar sua base de contatos e programar o envio de suas campanhas de e-mail marketing.

Cadastre-se gratuitamente agora!

Posts relacionados