(11) 3090-7535 / (27) 3262-0877 comercial@villetarget.com

Fala a verdade: você já comprou um produto só pela marca, né? Por isso, as empresas investem pesado em branding para construir uma marca forte.

Embora muita gente faça confusão, branding e marca não são a mesma coisa. É verdade que eles estão correlacionados e que um depende do outro. Aliás, por trás de toda marca forte, existe um trabalho de branding.

Trata-se, basicamente, de uma estratégia para se diferenciar da concorrência, marcar seu espaço, conquistar e fidelizar clientes. E para alcançar esses objetivos, é preciso dedicar esforços constantes em abordagens eficazes de gestão de marketing.

Para deixar tudo mais claro, trazemos mais detalhes nesse texto. Aproveite e aprenda sobre branding para construir uma marca forte para sua empresa.

A diferença entre branding e marca

Para garantir uma marca poderosa no mercado, é necessário, antes de qualquer coisa, entender a diferença entre branding e marca. O primeiro trata da gestão da marca. O branding representa uma série de estratégias focadas em tornar a marca mais conhecida e atraente para o consumidor.

branding para construir uma marca diferenças

Por sua vez, a marca é uma tradução subjetiva do que a empresa pretende representar culturalmente. Ela pode ficar em evidência pela criação de seu logo, nome de sua empresa e até um possível mascote.

Então, para você definir seus planos de branding, é preciso, antes, estabelecer o conceito de sua marca e como ela deve ser apresentada aos seus clientes.

O elementar de branding

Quais impressões e sensações você quer que os consumidores tenham ao falarem de sua marca ou entrarem em contato com seus produtos e serviços? É isso que você precisa se perguntar ao elaborar a personalidade de seu negócio.

Estabeleça uma missão (o que sua empresa deseja oferecer e como) e uma visão (o que ela deseja alcançar), além do que impulsiona você e seus colaboradores. Ou seja, é importante traçar planos e criar a buyer persona da sua empresa.

Na sequência, você precisa estabelecer a identidade através de elementos mais concretos, como o nome. Ele deve ser simples, longe do óbvio e relacionado ao nicho. Pense também na parte visual e linguística. Isso envolve logo, símbolos, slogans, entre outros.

Divulgação nas redes sociais

Mesmo com a mudança de algoritmo do Facebook, as redes sociais continuam tendo o maior potencial para publicar conteúdos que tenham compartilhamentos e, assim, divulgação espontânea da sua marca. No entanto, é preciso ter muita criatividade para gerar resultados nas redes sociais.

branding para construir uma marca redes sociais

Ao alternar sua divulgação entre conteúdos de entretenimento e anúncios regulares em horários planejados, esse objetivo pode ser alcançado. Evite, também, postar o mesmo conteúdo em todas as plataformas. Alcançar o mesmo seguidor, mais de uma vez, em diferentes redes pode ser arriscado.

Para não perder tempo com esse trabalho, o ville Target permite realizar o agendamento de posts nas redes sociais, como Facebook, Instagram e Twitter.

Brand Equity

O Brand Equity é, em linhas gerais, um valor agregado à sua marca. Ele traduz o que o consumidor acha do seu negócio e se ele se identifica com a sua marca. Quanto melhor for o trabalho de branding, melhor é o resultado do Brand Equity.

branding para construir uma marca brand equity

Por isso, toda grande empresa deve focar em atender às necessidades do seu consumidor, criar tendências e oferecer produtos ou serviços exclusivos. Além, é claro, de ser uma referência de qualidade no seu segmento.

Diante da dificuldade de traduzir o Brand Equity em números, David Aaker, professor americano e autor de diversos livros sobre marketing, estabeleceu um modelo para analisá-los: baseado nos critérios de qualidade, lealdade, associação (ou identificação pessoal/ cultural com a marca) e conhecimento. Vale a pena se informar melhor sobre isso, para elaborar formulários em busca de feedbacks.

Branding na cultura organizacional

Por fim, não basta investir em estratégias de branding. É preciso incorporar os valores estabelecidos para sua marca. Sua equipe precisa estar alinhada com missão, visão e valores da sua empresa para que elas sejam adotadas da melhor forma possível. Ela garante, inclusive, a motivação da equipe.

Agora que você já sabe como usar o branding para construir uma marca forte, mãos à obra e muito sucesso!

automacao de marketing

Posts relacionados