(11) 3090-7535 / (27) 3262-0877 comercial@villetarget.com

Identificar os melhores tipos de conteúdo para newsletter não é tarefa fácil. Afinal, essa é uma ferramenta criada para incitar o engajamento e deve ser planejada da melhor forma para evitar que ela vire spam. Então, como é possível criar conteúdo relevante para o seu público alvo?

Apesar de não ser fácil, existem algumas dicas que podem ajudá-lo nessa tarefa de planejamento de conteúdo. Ao longo desse artigo, você vai relembrar o que é a newsletter, os principais motivos para investir nesse formato e aprenderá a desenvolver as melhores formas de disseminar a mensagem.

Vamos lá?

O que é newsletter?

Antes de tudo, vamos relembrar o que é a newsletter. Essa ferramenta também é conhecida como boletim informativo e funciona como uma espécie de revista eletrônica. Ao contrário do e-mail marketing, ela traz diversos conteúdos e não apenas uma mensagem única.

A comparação mais próxima no marketing digital é o blog. Porém, a periodicidade da newsletter costuma ser menor. Enquanto o blog pode contar com publicações diárias, a newsletter deve ser restrita à uma ou duas vezes por semana.

A newsletter possui algumas particularidades, como por exemplo:

  • Periodicidade, ou seja, de quanto em quanto tempo é publicada;
  • Linha editorial, ou seja, a forma como o conteúdo é tratado e o tipo de informação relevante para publicação;
  • Identidade visual;
  • Público alvo e etc.

Conteúdo para newsletter

O conteúdo geralmente é enviado diretamente para a caixa de e-mail dos visitantes que querem recebê-la. As landing pages para captar leads também são ótimas para conseguir fazer com que os seus clientes potenciais assinem a newsletter.

Quais são os benefícios de investir em newsletter?

Além de produzir conteúdo para newsletter, muitas pessoas têm dúvidas sobre quais são os benefícios de investir nessa ferramenta. Dentre as principais vantagens, destacamos:

  • Conversão de leads;
  • Fidelização de clientes;
  • Baixo custo de produção;
  • Criar autoridade e;
  • Aumentar as vendas .

A grande verdade é que a newsletter é uma ferramenta pouco utilizada, mas que pode trazer inúmeros benefícios para o seu negócio. Com o conteúdo certo, é possível criar uma base de clientes fidelizados e aumentar consideravelmente as suas vendas.

Além disso, ela também ajuda a criar laços muito fortes com o seu público alvo. E você provavelmente já sabe que quanto mais próximo for o relacionamento entre empresa e cliente, maior a sua autoridade no mercado!

Agora que você já sabe tudo o que precisa sobre o que é essa ferramenta, vamos começar a falar efetivamente sobre a produção de conteúdo para newsletter.

Como qualquer estratégia de marketing digital, produzir uma revista eletrônica também precisa de muito planejamento e dedicação. Felizmente, existem algumas dicas simples que você pode adotar para criar o conteúdo perfeito.

Ficou curioso?

Então confira abaixo como produzir conteúdo para newsletter:

Defina metas e objetivos

O primeiro passo para começar a investir na newsletter é definir exatamente o que você espera dessa estratégia. Quem é o seu público alvo? O que você espera conseguir com a newsletter? Qual a expectativa de crescimento de leitores?

Conteúdo para newsletter

Quando você traça um objetivo, o caminho que deve seguir para alcançá-lo fica mais claro. Afinal, você sabe qual é a sua meta e consegue visualizar as etapas até a linha de chegada com mais facilidade.

Por isso, antes de começar a produzir conteúdo, pense em suas metas. Pense também se você quer aumentar o número de leads, aumentar as vendas ou fortalecer o relacionamento com o mercado.

Com esse direcionamento, será muito mais fácil definir o tipo de conteúdo que precisa ser produzido.

Analise o público alvo

Da mesma forma, é importante ter a sua persona construída para produzir conteúdo para newsletter. Isso porque o tipo de publicação que traz resultado para um determinado perfil de clientes não necessariamente será eficiente para outro.

Por exemplo, se o seu público alvo está na faixa dos 40 a 50 anos, faz parte da classe A/B e ocupa cargos de gestão, dificilmente um conteúdo escrito de forma informal e “descolada” será eficiente. Agora, se a sua audiência é composta por universitários de 18 a 25 anos, essa já é a melhor estratégia de comunicação.

Justamente por isso, é essencial conhecer bem o público alvo para começar a montar a linha editorial da sua newsletter. Lembre-se de que a segmentação de conteúdo é uma parte muito importante do marketing digital. Logo, é preciso saber se comunicar o público para garantir a eficiência de uma estratégia.

Monte o fluxo do processo de envio da newsletter

O fluxo de processo de uma newsletter consiste em diversas etapas. A pré-pauta, por exemplo, determina quais serão os conteúdos produzidos. Depois da aprovação, entra a fase de realmente escrever os artigos. Então, existe a revisão, escolha de fotos e imagens para ilustrar e inclusão no layout. Por fim, a newsletter é enviada.

Mapear esse processo é a melhor forma de incluir a atividade no cotidiano da sua equipe. Assim, eles podem programar a sua semana de acordo com o fluxo.

Conteúdo para newsletter

Pelo mesmo motivo, é preciso definir a periodicidade em que a newsletter será enviada. Além de ajudar na distribuição de tarefas, estabelecer a periodicidade evita que o conteúdo fique excessivo para os leitores.

Construa o layout da newsletter

Além da produção de conteúdo para newsletter, a identidade visual também é uma parte importante do processo. O layout deve representar a sua marca, ou seja, seguir o brandbook da empresa. Isso significa usar as cores padrões, contar com o logotipo da empresa e ser capaz de traduzir todos os valores da organização.

Isso porque a revista eletrônica nada mais é do que outro produto da sua empresa. Logo, os clientes devem reconhecer a sua identidade com facilidade.

Além disso, o layout ajuda os leitores a encontrarem os conteúdos desejados de forma mais fácil. Como ela é um material enviado com frequência, é ótimo que os clientes se acostumem com o modelo para poder consumir os artigos.

Crie uma newsletter escaneável

A sua newsletter deve ser disposta de uma forma de que as principais informações estejam sempre nas primeiras páginas. Por isso, ter uma espécie de capa pode ser uma ótima ideia. Assim, os leitores sabem exatamente o que será tratado naquela edição e podem selecionar o que querem ler.

A forma como os artigos são dispostos pode fazer toda a diferença no engajamento da newsletter. Por isso, você deve ser capaz de identificar a relevância de cada conteúdo para determinar o melhor posicionamento.

Passadas as fases de planejamento e construção da newsletter, chegou a hora de efetivamente falar sobre o conteúdo. Afinal, que tipo de artigos eu devo produzir? Quais são as informações relevantes para a minha newsletter?

Vamos começar a falar então sobre formatos de conteúdo para newsletter.

Notícias sobre a empresa

O tipo de conteúdo mais comum para newsletter são as notícias sobre a própria empresa. Ou seja, mudanças em processos, campanhas sazonais (Dia das Mães, Outubro Rosa, etc) e até mesmo novos colaboradores são muito comuns neste tipo de ferramenta.

E se você pensa que os clientes não ligam para isso, você está muito enganado.

Conteúdo para newsletter

Um fator muito importante para o relacionamento empresa-consumidor é a identificação. Se os clientes sentem que conhecem a sua empresa, eles se sentem mais atraídos pela marca.

Então, além de trazer informações relevantes sobre a empresa (como, por exemplo, mudança de endereço e telefones), não deixe de apostar no conteúdo humanizado.

Notícias de mercado

Uma vantagem da newsletter é a possibilidade de realmente desenvolver o assunto e produzir artigos quase jornalísticos.  Por esse motivo, investir em análises de mercado e notícias do seu setor de atuação também pode atrair muitos leitores.

Isso porque além de mostrar o posicionamento da sua empresa, os clientes se sentem atualizados sobre todos os acontecimentos relevantes do mercado. E tudo isso com o conteúdo que chega diretamente na caixa de e-mail!

Isso pode parecer trabalhoso. Mas, na verdade, você já possui o conhecimento de mercado. Logo, fica mais fácil identificar tendências e novidades que valem a pena serem mencionadas na newsletter.

Catálogo de produtos e serviços

Se o seu objetivo for aumentar as vendas, o conteúdo para newsletter não pode deixar seus produtos ou serviços de lado. Utilize essa ferramenta para divulgar os destaques do mês.

Além disso, você pode aproveitar técnicas de redação persuasivas para convencer os leitores da compra dos seus produtos. Desenvolva fichas técnicas com as vantagens de cada item e aproveite para dar exemplos práticos do uso no dia-a-dia.

Conteúdo para newsletter

Não esqueça também de apelar para o conteúdo visual. Acrescente fotos dos produtos para estimular o desejo de compra.

Promoções

Assim como o e-mail marketing, a newsletter também pode ser um ótimo canal de divulgação das suas promoções. Aqui vale, inclusive, oferecer condições exclusivas para quem assina a revista eletrônica.

A melhor forma disso é criar uma seção dedicada aos descontos e promoções. Lembra que falamos sobre como o layout é importante? Se a seção for fica, os clientes terão a chance de ir diretamente para essa parte se forem familiarizados com o conteúdo para newsletter.

Lembre-se apenas de que a newsletter é enviada periodicamente e nem sempre é lida no mesmo dia de envio. Logo, você deve escolher promoções e descontos que valem por um determinado período de tempo. Assim, a empresa não corre o risco de encontrar clientes que não conseguiram aproveitar as vantagens.

Depoimentos de clientes

Por último, incluir depoimentos de clientes pode ser uma ótima ideia. O primeiro motivo para isso é que os consumidores gostam de sentir reconhecidos dentro de uma empresa.

Ver o seu depoimento na newsletter pode fazer com que essa pessoa se sinta muito mais próxima da sua marca. Isso aumenta as chances de fidelização!

Outro motivo pelo qual os depoimentos valem a pena como conteúdo para newsletter é que eles têm grande poder de influência. Logo, se alguém que ainda não decidiu comprar os seus produtos se deparar com um depoimento positivo de outro cliente, as chances de que ele seja convencido são muito maiores.

Conteúdo para newsletter

Você pode recolher esses depoimentos de diversas formas. Se você trabalha com e-commerce, é muito comum que as pessoas deixem voluntariamente uma avaliação do produto na página. Esses comentários podem ser recolhidos e publicados em um espaço de destaque.

Caso contrário, também é possível utilizar a base de leads para pedir que os clientes enviem seus depoimentos. Em lojas físicas, é possível disponibilizar pequenos formulários de avaliação.

Basta usar a criatividade para identificar as melhores práticas!

Destaques do blog

Por último, uma forma muito fácil de produzir conteúdo para newsletter é reciclando conteúdos produzidos para o seu blog. Isso porque os artigos já estão prontos e podem apenas ser publicados novamente.

Apesar de parecer uma estratégia “preguiçosa”, a verdade é que destacar conteúdos importantes ajuda o leitor a filtrar o conteúdo do blog. Quem não tem tempo para acompanhar todos os artigos pode aproveitar os highlights para se manter atualizado.

Essa é uma das práticas mais comuns quando o assunto é newsletter. Além disso, ela incita o engajamento e pode até mesmo aumentar o tráfego orgânico do seu site.

Além do conteúdo para newsletter, como eu posso atrair mais clientes?

Se você já decidiu investir na newsletter, mas ainda quer conhecer outras práticas para aumentar as vendas e atrair novos clientes, não se desespere! O universo do marketing digital é muito amplo e oferece diversas oportunidades para começar a construir a sua presença online.

A automação de marketing pode trazer muitos benefícios para o seu negócio. Afinal, utilizar a tecnologia a seu favor automatiza processos e faz com que você fique sempre dentro das tendências do mercado.

Para aprender tudo sobre marketing digital e automação, não deixe de conferir os materiais gratuitos do ville Target. Assim, você consegue identificar as melhores práticas para alcançar seus objetivos.

Da mesma forma, aproveite também para usufruir das nossas ferramentas de automação. Assim, a construção de landing pages eficazes, o gerenciamento de redes sociais e outras técnicas ficam muito mais fáceis!

Restou alguma dúvida sobre como produzir conteúdo para newsletter? Então deixe o seu comentário no espaço abaixo. Não esqueça também de compartilhar esse artigo em todas as suas páginas nas redes sociais.

automacao de marketing

Ebook Redes Sociais

Conheça estratégias e melhore a venda de seus produtos/serviços:

 

Quero baixar este Ebook !