(11) 3090-7535 / (27) 3262-0877 comercial@villetarget.com

Para atrair clientes e gerar vendas, as lojas virtuais costumam: fazer de seus perfis nas redes sociais uma vitrine; investir pesado em campanhas de Google AdWords e até realizar vendas pelo Instagram. Em meio a tantas possibilidades, existe uma que você jamais pode abrir mão: o email marketing para e-commerce.

Segundo a consultoria empresarial McKinsey, a ferramenta converte três vezes mais do que as redes sociais. Tanto é assim que 44% dos norte-americanos já fizeram ao menos uma compra depois de receber um email promocional. Para completar, essa estratégia apresenta um custo muito baixo.

Diante desses números, é provável que você já esteja convencido que o email marketing para e-commerce pode alavancar suas vendas. Agora, lembre-se que isso não acontece num estalar de dedos, hein! É um trabalho a longo prazo que envolve uma série de outras ações.

Passo a passo de uma estratégia de email marketing para e-commerce

Por trás de toda estratégia de email marketing para e-commerce, existem muitas outras ações complementares. Isso inclui captar leads, segmentar contatos, diversificar suas campanhas e manter seus clientes bem informados. Veja mais detalhes a seguir:

1. Atraia leads para construir sua própria base de contatos

Sendo curto e grosso: VOCÊ NÃO DEVE COMPRAR LISTA DE EMAILS! No começo, quando o negócio ainda está engatinhando, a vontade de multiplicar sua base de contatos é grande. Entendemos. No entanto, isso não significa que você deva comprar listas com milhares de contatos.

Em primeiro lugar, porque isso é crime. Para completar, essa estratégia prejudica bastante a reputação do seu domínio, uma vez que você pode enviar mensagens para centenas de endereços inativos.

Isso sem falar que mandar emails promocionais para pessoas que nunca ouviram falar na sua loja – e nem têm o perfil de seu público-alvo e persona – pega muito mal para a imagem da sua marca, né?

Por isso, o primeiro passo para ter sucesso com sua estratégia de email marketing para e-commerce está em construir sua própria base de contatos. Para tanto, uma alternativa viável é criar uma landing page grátis.

Em um exemplo prático, uma livraria virtual pode construir uma página de captura para apresentar sua coleção de livros clássicos. Nela, os usuários podem responder um simples questionário indicando quais são seus autores favoritos e informando nome e email.

Certamente, quem se cadastrou no formulário tem interesse por livros. Com as informações captadas, a livraria pode dar um passo adiante, como enviar um email promocional personalizado. Que tal um desconto para três livros do autor favorito de cada usuário? Essa estratégia é capaz de converter leads em clientes.

2.Integre sua plataforma de e-commerce e CRM com automação de marketing

Sua lista de contatos não se resume a leads captados por sua landing page. Quando se investe em campanhas de Google AdWords, por exemplo, os usuários caem diretamente na sua página de venda com grandes chances de conversão. Ou seja, logo viram clientes.

Ao finalizar uma compra dentro da sua plataforma de e-commerce, eles precisam deixar algumas informações pessoais, como nome, email, telefone e endereço. Aqui, você precisa exportar todos esses dados para a sua ferramenta de disparo de emails. Afinal de contas, é provável que você realize ações futuras com esses clientes.

E está é justamente uma das vantagens em integrar automação de marketing com CRM e plataformas de e-commerce. Automaticamente, todas as informações captadas por alguma dessas ferramentas são importadas ou exportadas para outro software. Maravilha, não? Aliás, o ville Target está integrado com mais de 750 aplicativos por meio da central integradora Zapier.

3. Segmente sua base de contatos

Imagine a seguinte situação: uma loja virtual de materiais esportivos dispara uma campanha de email marketing com uma oferta imperdível do uniforme completo do Palmeiras para toda a sua base de contatos. Só que, entre eles, há torcedores de São Paulo, Corinthians, Santos e outros rivais… que mico, hein!

Por isso que um dos grandes segredos do sucesso do email marketing é justamente a segmentação de leads. Aqui, o ideal é que você divida seus clientes adotando diversos critérios, como histórico de vendas, tíquete-médio, interesses em comum, faixa-etária e até mesmo de acordo com as fases do funil de vendas e marketing em que cada um se encontra.

email marketing para e-commerce segmentação de leads

Dessa forma, você dispara campanha muito mais personalizadas e, logo, assertivas. Ao fazer isso, a tendência é você converter mais seu email marketing.

4. Eduque e treine seu lead para a compra

Nem todo mundo que chega à sua loja virtual está preparado para fazer uma compra. Talvez, o usuário esteja apenas realizando uma pesquisa de preço. Ou quem sabe obtendo mais detalhes sobre determinado produto para ver se a compra compensa.

Quando uma pessoa acessa o seu site, mesmo que não consiga fazer uma venda, você precisa extrair alguma informação dela. Nem que seja um email. Por isso, procure posicionar formulário em pontos estratégicos no site para capturar leads.

Com algum contato, você pode iniciar um relacionamento mais próximo com esse potencial cliente. é claro que, na primeira troca de mensagens, você não vai chegar oferecendo seus produtos.

Aqui, você pode apresentar quais são os benefícios que seu produto pode proporcionar. Para tanto, vale a pena criar um blog corporativo. Nele, produza conteúdos que sejam realmente relevantes para o seu público-alvo.

De forma sutil, você pode fazer pequenas chamadas para os seus produtos. Por exemplo, uma loja de moda feminina pode criar um post dando dicas de como se vestir para uma entrevista de emprego. Veja bem, esse texto não tem a intenção de vender produtos. Só que, entre uma dica e outra, você pode sugerir uma peça do seu estoque.

Quando estiver com bastante conteúdos bacanas, é interessante criar um fluxo de emails para a sua base de leads. À medida que os usuários forem interagindo com suas mensagens e abrindo os links do seu texto, você pode enviar uma oferta.

 

 

5. Realize ações de pós-venda

Sabemos que não é recomendável fazer uma nova oferta para o cliente que acabou de comprar na sua loja virtual. Por outro lado, você não pode simplesmente virar as costas para ele. Afinal de contas, você sabe que manter um cliente é muito mais barato do que conquistar um novo, né?

Mas como fazer com que um cliente volte à sua loja no futuro? É simples: basta proporcionar uma ótima experiência de compra. Entra em cena, o processo de pós-venda com automação de marketing.

Entre as ações que você pode (e deve) fazer, podemos destacar o envio de email transacional. Logo que a compra for realizada, uma mensagem automática deve ser enviada para o usuário com a confirmação. A encomenda já está nos Correios? Passe o código de rastreio.

Ao manter o cliente bem informado ao longo da jornada de compra, você o deixa muito mais tranquilo e ganha em credibilidade.

E as ações de pós-venda não param por aí. É interessante deixar programado o envio de uma pesquisa de satisfação sempre para um cliente que comprar pela primeira vez na sua loja virtual.

email marketing para e-commerce pós-venda

Além de medir a qualidade do seu trabalho, você consegue obter mais informações sobre seus clientes e, dessa forma, fazer uma segmentação ainda mais assertiva.

6. Outras ideias de campanhas de email marketing para e-commerce

Seguindo as dicas acima, você já consegue obter bons resultados. Mas não custa nada pensar em outras estratégias, né? Veja algumas ideias de campanhas de email marketing para e-commerce:

  • Prêmios: seus consumidores mais fiéis merecem uma bonificação. Que tal dar descontos após 5 compras?;
  • Abandono de carrinho: pergunte o motivo da desistência, ofereça algum desconto, e reforce as vantagens do produto que ele deixou para trás;
  • Datas importantes para o e-commerce: campanhas sazonais geram bons resultados. Seja inteligente, planeje campanhas com antecedência e tenha um calendário de newsletteres;
  • Boas vindas: seja simpático com os novos leads, tente conhecê-los com pesquisas, ofereça algo exclusivo;
  • Sugestão de produtos: um produto novo no catálogo, um item que é a cara daquele perfil de cliente, um clique que não gerou compra…. Tudo isso oportuniza uma nova campanha de email.

Agora, atenção! Pense que a caixa de email do seu cliente está lotada. Então, apenas envie conteúdo relevante e não seja repetitivo!

Automatize seu email marketing para e-commerce

 

 

Um dos benefícios em usar a automação de marketing para e-commerce é justamente a possibilidade de aplicar todas essas estratégias de email em um só lugar.

Então, no ville Target você segmenta sua lista de contatos, importa templates de email e programa o envio de campanhas personalizadas. Quer mais? Pois você tem acesso às principais métricas de email marketing, como taxa de abertura e clique. Assim, você consegue medir o desempenho de suas ações, encontrar eventuais erros e, claro, corrigi-los a tempo.

Mesmo que você esteja começando e ainda não tem muitos clientes, temos planos que cabem no seu bolso, inclusive um gratuito. Nele, é possível cadastrar 300 leads e enviar até 3.000 emails por mês. Então, cadastre-se agora mesmo no ville Target!

GIF animado email marketing

Posts relacionados