(11) 3090-7535 / (27) 3262-0877 comercial@villetarget.com

Você sabe o que faz um analista de redes sociais? No espectro da comunicação, essa profissão se torna cada vez mais importante. Afinal, a base de usuários de plataformas como o Facebook e o Instagram cresce diariamente.

Com esse crescimento, as empresas que desejam atrair novos clientes e construir uma base de leads consolidada precisam se adaptar ao mundo digital. É aí que entra o trabalho do analista de redes sociais.

Então, se você quer saber mais sobre essa profissão, quais são os benefícios de investir em social media e quais são os conhecimentos que esses profissionais precisam ter, não deixe de acompanhar o artigo até o final!

O que faz o analista de redes sociais?

Antes de tudo, vamos entender quais são as funções deste tipo de profissional.

Analista de redes sociais

É muito comum pensar que o analista de redes sociais é responsável apenas por publicar no Facebook, Twitter e Instagram. Porém, existem diversas atribuições que fazem com que um analista seja essencial para qualquer campanha de marketing digital.

Veja abaixo algumas dessas funções:

Definição de cronograma

A primeira coisa que o analista precisa fazer é definir um cronograma de publicações. Com que frequência serão gerados os posts? Eles serão os mesmos em diferentes plataformas? Quais serão os conteúdos tratados naquela semana?
Analista de redes sociais
Ao responder essas perguntas, o analista de redes sociais começa a definir uma estratégia de social media. O cronograma ajuda não apenas a garantir que as plataformas sejam alimentadas, mas também a desenvolver estratégias eficientes para atingir os objetivos de cada cliente.

Gerenciamento de publicações

Depois que o cronograma é definido, começa a fase de gerenciamento. Isso significa preparar as imagens e as legendas, separar links que complementam as publicações e agendar os posts em cada rede social.

Este trabalho pode ser feito manualmente ou com a ajuda de ferramentas de gerenciamento de redes sociais. Além disso, o analista pode contar com o auxílio de profissionais de design para garantir a identidade visual de cada post.

Interação com os usuários e monitoramento

Depois que as publicações são feitas, existem duas partes muito importantes do trabalho do analista de redes sociais: a interação com os usuários e o monitoramento.

A interação consiste em conversar com as pessoas que curtem, compartilham e comentam nos posts. Responder aos comentários e replies no Twitter, por exemplo, faz com que a marca crie um elo com os seus clientes. Dessa forma, fica mais fácil manter os produtos no radar de cada usuário.

Analista de redes sociais

Além disso, é preciso garantir que todas as interações feitas por aplicativos de comunicação instantânea, como o Messenger, e por meio das Direct Messages do Instagram sejam respondidas. Pense nas redes sociais como um canal de atendimento online muito eficiente para as empresas.

Monitoramento

Já o monitoramento consiste em acompanhar as menções da marca nas redes sociais. Com o uso de hashtags e palavras-chave específicas, você consegue encontrar publicações de outras pessoas falando sobre os produtos dos seus clientes.

O trabalho do analista de redes sociais na fase de monitoramento consiste em classificar cada menção como positiva ou negativa. Assim, você tem uma visão geral de como a marca é percebida no ambiente online.

Analista de redes sociais

Com essa informação em mãos, fica mais fácil definir estratégias de marketing e comunicação eficientes para melhorar a reputação da empresa cada vez mais.

Análise de resultados

Por fim, é muito comum que o analista de rede sociais produza relatórios de aproveitamento mensais.

Com a ajuda de métricas fornecidas pelas próprias plataformas, ele cria uma base de dados sobre o engajamento, crescimento de curtidas e comentários, menções positivas e outros dados relevantes para que a empresa consiga analisar o desempenho de social media.

Analista de redes sociais

Essas são as principais funções de um analista de redes sociais. Agora que você já sabe mais sobre o trabalho deste profissional, que tal conhecer algumas das principais plataformas que são instrumento de trabalho para eles? Confira:

Facebook

O Facebook é uma das principais redes sociais utilizadas no Brasil. Dentre as suas principais vantagens, destacam-se a possibilidade de utilizar diferentes mídias (imagens, vídeos, gifs e etc), os grupos, a interação com os usuários e a interface amigável.

Instagram

O Instagram está bem próximo do Facebook em relação ao número de usuários. O melhor para as empresas é que cada vez mais essa rede social investe em ferramentas corporativas, como é o caso dos links para produtos nas próprias imagens. Além disso, o Instagram Stories é uma forma divertida de criar conteúdo.

Analista de redes sociais

Twitter

O microblog permite publicações de até 280 caracteres e é uma ótima forma de interagir com os seus clientes. No Twitter, o conteúdo criado costuma ser mais curto e direto. Por isso, reserve apenas as informações mais importantes caso decida investir nessa rede social.

Pinterest

O Pinterest é uma rede social muito utilizada por quem curte artesanato e DIY (Do It Yourself). Porém, as empresas também podem fazer um ótimo proveito dessa plataforma. Para isso, o analista de redes sociais deve ser capaz de identificar não apenas as características da empresa, mas também os gostos dos clientes.

LinkedIn

Um bom analista de redes sociais sabe que o LinkedIn é uma das redes sociais mais importantes atualmente. Com caráter corporativo, a plataforma é um ótimo jeito de transmitir uma imagem profissional da sua empresa. Além de facilitar o interesse de possíveis colaboradores, ela permite que os clientes acompanhem todas as novidades importantes sobre a empresa.

Reddit

O Reddit é uma rede de fóruns que deve estar no radar das empresas que são ligadas em marketing digital. Como ele serva basicamente para que os usuários discutam temas de interesse, é essencial que uma marca esteja presente nos debates que envolvem os seus produtos e serviços.

Analista de redes sociais

Essas são apenas algumas das plataformas utilizadas pelo analista de redes sociais. Porém, é preciso lembrar que social media é um mercado emergente e constantemente surgem novas plataformas para divertir e engajar os usuários. Logo, esse profissional precisa estar sempre ligado nas tendências do universo digital.

E, falando em habilidades essenciais para o analista de redes sociais, chegou a hora de conhecer algumas das características imprescindíveis para que eles consigam fazer um bom trabalho no ambiente digital.

Além do conhecimento técnico e prático em redes socias, existem alguns aspectos da personalidade que fazem com que esse seja o trabalho ideal para um profissional. Quer saber quais são? Confira abaixo:

5 habilidades que o analista de redes sociais precisa ter

Versatilidade

A versatilidade é essencial para que o analista de redes sociais consiga desempenhar bem o seu trabalho. Existem dois grandes motivos para isso.

O primeiro é o fato de que ele precisa ser capaz de criar conteúdo em diferentes mídias e para diferentes plataformas. Como existem muitas redes sociais que são utilizadas pelos usuários, é essencial criar conteúdo específico para cada uma delas.

Analista de redes sociais

O segundo motivo é que é comum que o mesmo analista trabalhe para diferentes clientes. Logo, ele precisa se moldar ao estilo e valores de cada empresa. É preciso conhecer o público alvo de cada cliente e criar conteúdo de acordo com essas particularidades.

Portanto, é essencial que o analista seja bastante versátil para lidar com as contas de cada cliente. É justamente por esse motivo que os analistas de social media são tão camaleões. Eles conseguem se adaptar a cada plataforma e de acordo com a identidade de cada uma das empresas com as quais ele trabalha.

Comunicação

A comunicação também é essencial para este tipo de trabalho. Geralmente, o analista de redes sociais é um profissional extrovertido, que gosta de trabalhar de pessoas e tem facilidade em comunicar os seus interesses.

Como as redes sociais são um ambiente digital dinâmico, é essencial conhecer não apenas as técnicas de redação para a internet – conhecidas como copywriting -, mas também maneiras diferentes e atrativas de se comunicar com o público alvo.

Além disso, como você já viu, existem redes sociais que fornecem um limite de caracteres para as publicações. É o caso do Twitter, por exemplo. Para conseguir criar conteúdo eficiente para essas plataformas, o analista deve ser capaz de transmitir uma mensagem de forma objetiva e concisa.

Analista de redes sociais

Por último, vale ressaltar que uma parte muito importante do trabalho do analista de redes sociais é lidar com os próprios clientes. Durante reuniões de briefing, é essencial que ele consiga captar as expectativas da empresa para conseguir criar conteúdo focado e personalizado.

Portanto, ser comunicativo é essencial se você deseja mergulhar de cabeça nesta profissão que é uma tendência do marketing digital.

Criatividade

Uma habilidade essencial que caminha ao lado da comunicação é a criatividade. Assim como a capacidade de entender e ser entendido, é imprescindível que o analista de redes sociais saiba transmitir a mensagem de formas não-convencionais.

Afinal, o ambiente digital exige formas criativas de entrar em contato com o público. Não basta agendar uma publicação qualquer no Facebook para garantir a eficiência do plano de social media.

É preciso encontrar formas de atrair a atenção dos usuários e se destacar entre tantas empresas que também trabalham com as redes sociais.

Analista de redes sociais

Além de conhecer os diferentes formatos de conteúdo online (e-mail marketing, imagens, gifs, áudios, vídeos e etc), o analista precisa ter a mente aberta para novas linguagens e estratégias.

Ele pode, inclusive, utilizar as redes sociais para criar promoções e até mesmo promover eventos que contem com a divulgação digital. O importante é abusar da criatividade para criar laços entre a empresa e o cliente!

Logo, se você quer investir nessa profissão, mantenha a mente aberta para novas estratégias.

Capacidade analítica

Como mencionamos acima, é muito comum que o analista de redes sociais produza relatórios mensais de aproveitamento para seus clientes. Esses documentos são produzidos com a ajuda de algumas métricas oferecidas pelas próprias redes sociais.

No caso do Facebook, por exemplo, é possível analisar o alcance pago e orgânico da página. Você também consegue extrair dados relacionados ao número de curtidas da página, likes totais de cada publicação, comentários e menções dos usuários.

Analista de redes sociais

O mesmo funciona para todas as outras redes sociais!

Para conseguir definir estratégias eficientes, o analista deve ser capaz de interpretar esses dados de acordo com os interesses dos clientes. Afinal, essas informações representam o sucesso de uma campanha e podem ajudar a identificar pontos de melhoria.

Logo, o analista de redes sociais deve ter capacidade analítica para não apenas compilar os dados fornecidos. Muito mais que isso, ele deve ser capaz de analisar de forma crítica todas essas informações para aplicá-las no planejamento do mês seguinte, visando a melhoria dos resultados.

Organização

Por último, não podemos deixar de citar a organização. Como o analista de redes sociais trabalha com diferentes contas e diferentes clientes, é imprescindível que ele saiba se planejar para evitar conflitos entre as plataformas.

É por isso que definir um cronograma de publicações é tão importante para estes profissionais. Além de contar com a ajuda de ferramentas de automação, o cronograma permite uma visão geral de cada conta para garantir que nenhuma ficará esquecida.

Analista de redes sociais

Além disso, os prazos também são muito comuns em agências que trabalham com o serviço de social media. Portanto, o profissional deve ser capaz de gerenciar o deadline de cada cliente de acordo com a sua própria agenda.

Em suma, podemos concluir que ser organizado é essencial para que você consiga lidar com todas as tarefas que são responsabilidade do analista de redes sociais. Então que tal começar a desenvolver essas habilidades ainda hoje?

Eu deveria investir nas redes sociais?

A resposta para essa pergunta é unânime: sim, você deveria investir em redes sociais.

Independentemente do tipo de negócio que você gerencia, essas plataformas são uma das melhores ferramentas de comunicação e divulgação de serviços. Portanto, criar conteúdo que incite o engajamento pode trazer inúmeros benefícios para a sua empresa.

Além de contar com a ajuda do analista de redes sociais, você também pode aproveitar os materiais totalmente gratuitos do ville Target para entender melhor como funciona esse universo.

Por isso, não deixe de acessar o site para conferir os nossos e-Books e materiais desenvolvidos para ajudar os profissionais de marketing digital. Aproveite agora mesmo e boa sorte!

Ebook Redes Sociais

Conheça estratégias e melhore a venda de seus produtos/serviços:

 

Quero baixar este Ebook !