(11) 3090-7535 / (27) 3262-0877 comercial@villetarget.com

Investir em SEO (Search Engine Optimization) envolve diversas técnicas para posicionar o seu site nas primeiras colocações dos motores de busca. E elas não se resumem apenas à qualidade de seus conteúdos e às questões técnicas de sua página web. Hoje, vamos falar especificamente de SEO para imagens.

Otimizar as imagens que compõem as páginas do seu site também contribuem para que você apareça na primeira página do Google Imagens. No fim, você consegue dar mais visibilidade para a sua empresa e atrair leads qualificados.

Os elementos visuais têm grande potencial atrativo nas campanhas de marketing. Ou você acha que um email marketing ou uma landing page com apenas textos vai chamar a atenção dos usuários? Para os blog posts, as imagens ainda funcionam para dar um respiro aos leitores entre os parágrafos. Aliás, já até indicamos alguns ótimos bancos de imagens gratuitos para você não precisar gastar dinheiro.

Com tanta importância que as imagens têm, não dá para vacilar com o SEO para imagens. E para que você não cometa esse erro, acompanhe este texto que vai explicar como colocar suas imagens no primeiro lugar no Google:

 

Os benefícios do SEO para imagens

 

Quando uma palavra-chave é pesquisada no Google, os resultados também trazem miniaturas de imagens como um mosaico em um quadro, normalmente, à direita da tela ou como opções enfileiradas em meio às opções de links.

 

SEO para imagens benefícios

 

Isso acontece quando o buscador entende que a palavra tem potencial audiovisual ou de localização. Fotos, ilustrações e gráficos são bastante convidativos, como já foi dito. Esses elementos podem até impulsionar a página onde aparece.

 

Passo a passo para fazer um SEO para imagens eficiente

 

1. Nome do arquivo

 

O SEO para imagens começa antes mesmo de subi-las para o seu site, mais especificamente no nome do arquivo.

Ao fazer o upload, a sua plataforma cria um link exclusivo para a imagem utilizando o nome do arquivo. Imagine, então, nomes genéricos como “imagem.jpg” ou “DSC001” e “IMAGE0001” de máquinas digitais em seu link. Não é interessante e nem compreensível para uma pesquisa específica.

 

 

Portanto, utilize palavras-chave, sem acento, já no nome do arquivo. Se for uma palavra composta, prefira o hífen ao invés de underline. Todos esses pequenos detalhes ajudam o algoritmo dos buscadores a lerem e entenderem do que se trata as ilustrações da sua postagem.

 

2. Qualidade da imagem

 

O ranqueamento de uma imagem no Google também passa pela qualidade do que está sendo publicado, seja ela uma foto, gráfico ou até mesmo GIF. Nesse sentido, evite ilustrações com resolução prejudicada, distorcida e sem foco.

Esses detalhes que dificultam a experiência do usuário são levados em conta pelo Google e comprometem a confiança no seu site. Nos gráficos e fluxogramas, até a escolha das cores precisam ser bem pensadas. Lembre-se do significado das cores no marketing.

 

SEO para imagens qualidade

 

No entanto, sabemos que imagens de alta resolução são pesadas e podem diminuir a velocidade de carregamento da sua página. No fim, isso prejudica o seu trabalho de SEO. Aqui, a solução é utilizar uma ferramenta de compreensão de imagens, como o TinyPNG. Ela diminui o tamanho da imagem sem comprometer a sua qualidade.

 

3. Relação conteúdo imagem

 

Apesar da importância de uma imagem que possa passar bem sua mensagem, conta muitos pontos se você souber utilizá-la bem dentro do contexto do texto que ela acompanha. Parece lógico, mas esse detalhe pode passar despercebido, dependendo da situação.

 

SEO para imagens conteúdo

 

Então, não se esqueça que a foto precisa ter a ver com o conteúdo. Além disso, usar a palavra-chave adequada próxima a imagem é outra estratégia valiosa. Em suma, é preciso pensar sempre na fluidez das informações e na boa ligação entre o que está sendo lido e o que está sendo visto.

 

4. Uso das tags

 

Existem algumas tags que são bastante funcionais para ajudar o Google a identificar sua imagem e apresentá-la no momento mais adequado. A Tag Alt, por exemplo, gera uma descrição alternativa para a imagem.

Funciona bem na questão da acessibilidade web, quando a foto também serve como link ancorando outro texto. Aliás, trata-se de uma função bem útil inclusive para programas que auxiliam na navegação para deficientes visuais.

Por sua vez, a Tag Title nos oferece quantidade de caracteres livres para descrever a imagem. No entanto, evite fazer textos longos. Ele é o título da foto, mas serve para descrevê-la com mais detalhes.

 

SEO para imagens na prática

 

Como falamos, você pode (e deve) utilizar o SEO para imagens em diversas campanhas, principalmente quando publicar blog posts e criar landing page grátis. Aliás, para tanto, você pode fazer isso com a ferramenta do ville Target.

 

SEO para imagens na prática

 

Fazer esse trabalho tem como objetivo conquistar um tráfego orgânico maior para o seu site ou blog, através da imagem otimizada.

Invista nisso e boa sorte!

 

 

Posts relacionados