27 3262-0877 / 27 3261-7595 comercial@villetarget.com

Você sabe o que é Web Personalization? Em primeiro lugar, é preciso entender que personalizar o atendimento é uma das melhores estratégias de fidelização de clientes, ainda mais quando empresas oferecem produtos e serviços com preços semelhantes. Em plena era digital, esse esforço de atender aos desejos e preferências dos clientes recebe o nome de Web Personalization.

Quando não existia internet, as empresas precisavam investir em propagandas nos jornais, revistas, rádio e TVs. Dessa forma, acabavam impactando um monte de pessoas que não tinham o menor interesse em seus produtos ou serviços. Investia-se mais do que o necessário para ter algum retorno.

Com a popularização da internet, essa situação mudou drasticamente. Hoje em dia, é possível medir cada ação online e direcionar suas campanhas apenas para o público-alvo e persona da sua empresa.

Abaixo, descubra o que é Web Personalization e como aplicar em sua estratégia de marketing.

Afinal de contas, o que é Web Personalization?

A Web Personalization procura entregar conteúdos e ofertas certos para as pessoas certas. Em outras palavras, essa estratégia tem a missão de realizar um atendimento único e exclusivo para cada cliente, de forma bem personalizada.

o que é web personalization

Enfim, esse esforço melhora a experiência do usuário com a marca. Como consequência, gera mais resultados para os negócios e fideliza os clientes. 

Exemplos de Web Personalization

Já deve ter acontecido com você. Ao acessar a Netflix, você se depara com uma lista com sugestões de filmes e séries. E pode acreditar: essa lista não é feita aleatoriamente. Ela é exclusiva para cada assinante.

De acordo com as séries e filmes que você já assistiu na plataforma, a Netflix consegue entender quais são as suas preferências e, por consequência, sugerir conteúdos que vão de encontro aos seus interesses. É um ótimo exemplo de Web Personalization, não?

web personalization netflix

No mundo offline, também podemos ver as empresas fazendo ações de personalização. Um exemplo é o que a Starbucks faz. Os funcionários pedem e escrevem os nomes dos clientes no copo. Embora pareça uma ação simples, ela tem toda uma lógica de neuromarketing por trás.

Ao ver o seu nome no copo, o cliente tem a sensação de que aquela bebida foi feita para exclusivamente para ele. Na Starbucks, os clientes são chamados pelo nome para pegar seus pedidos, não por um número.

Como aplicar a Web Personalization na prática

 A Web Personalization não é exclusiva para grandes empresas. Ou seja, não é preciso fazer grandes investimentos de tempo e dinheiro. É possível aplicá-la em seu negócio por meio de uma ferramenta de automação de marketing, como o ville Target. Veja como abaixo:

1. Coleta de dados na Landing Page

Em primeiro lugar, é preciso coletar informações de seu público-alvo. A partir delas, você consegue criar campanhas personalizadas, ou seja, que vão de encontro com os interesses de potenciais clientes.

Uma maneira de captar leads está na criação de uma landing page. Trata-se, basicamente, de uma página que serve para promover um conteúdo especial, um evento ou uma oferta.

web personalization landing page

Por exemplo, um corretor de imóveis pode criar uma página de captura para anunciar um lançamento de um imóvel. As pessoas que se interessarem pelo imóvel devem preencher um pequeno cadastro, informando alguns dados como nome, email, telefone, entre outros. A partir dessas informações, é possível criar uma estratégia mais personalizada para cada contato.

E você não precisa ser nenhum gênio da programação para criar uma página de captura. Com o ville Target, você consegue criar uma landing page grátis de forma rápida e intuitiva.

2. Segmentação de leads

Vamos continuar com o exemplo do corretor de imóveis. Então, ele criou uma landing page para divulgar o lançamento de um imóvel com três dormitórios de alto padrão em São Paulo.

É claro que todas as pessoas que se cadastraram na página de captura têm interesse por esse tipo de imóvel. Portanto, não faz sentido encaminhar ofertas de apartamentos compactos para esse grupo de pessoas. Daí, a importância de realizar a segmentação de leads na sua empresa. 

Você só consegue perceber os benefícios do email marketing quando direciona campanhas de maneira personalizada.

3. Lead Tracking e Lead Scoring: captando mais informações de seus clientes

Não dá para pegar todas as informações de seus potenciais clientes a partir de um simples cadastro. Ele serve apenas para dar início a um relacionamento. Aos poucos, você pode (e deve) absorver mais dados de seus clientes para realizar um atendimento cada vez mais personalizado.

Aqui, você pode enviar uma pequena pesquisa de satisfação após uma venda; utilizar testes A/B para saber quais os tipos e formatos de conteúdos que mais engajam com seu público-alvo, entre outras ações.

Por fim, o ville Target disponibiliza dois recursos que te ajudam a conhecer cada vez mais seus clientes. Aqui, estamos falando do Lead Tracking e Lead Scoring. De forma resumida, eles permitem acompanhar todas atividades dos usuários dentro do seu site. É possível, inclusive, atribuir pontos para cada ação que eles fizerem na sua página web.

Por exemplo, quando um usuário acessa o seu site, você consegue saber exatamente quais páginas ele visitou e quais ações ele realizou nelas. Então, se um lead visitou páginas de um serviço específico da sua empresa por diversos dias seguidos, você sabe que ele tem interesse no seu trabalho. aí, você pode fazer uma ação personalizada para impactá-lo e, quem sabe, convertê-lo.

Agora que você já sabe o que é Web Personalization e como aplicá-la em suas ações, está na hora de colocar a mão na massa. Boa sorte!

automacao de marketing

Posts relacionados